Você sabe qual é a diferença entre uma massagista tântrica e uma acompanhante? É comum que muitas pessoas confundam o trabalho entre essas profissões, no entanto, elas são completamente distintas e possuem objetivos específicos.

Na indústria de entretenimento adulto, quase todas as agências de acompanhantes afirmam que oferecem serviço de ‘massagem tântrica’ ao cliente. Mas, na verdade, a maioria dessas massagens não são tântricas, mas sim uma massagem sensual normal com “final feliz”, o que é muito diferente da técnica profissional, a qual o objetivo não é ter relações sexuais ou ejaculação.

Por isso, é importante saber quais os diferentes tipos de massagem.

O que confunde as pessoas em relação à diferença entre uma massagista tântrica e uma acompanhante é que elas realizam movimentos eróticos durante a prática, ou seja, tocam os órgãos genitais e pontos de prazer do corpo.

Mas, afinal, existe mesmo diferença entre uma massagista tântrica e uma acompanhante? Confira a seguir.

O que é massagem tântrica?

Massagem na testa de uma mulher.
Fotografia/Katherine Hanlon

A massagem tântrica é uma técnica antiga que tem como objetivo ajudar o ser humano em seu desenvolvimento físico, mental e espiritual por meio da energia sexual e alinhamento dos chakras.

A técnica é realizada por um profissional, o qual possui conhecimento sobre a metodologia e princípios da prática. Apesar de ser plicada no Ligam (órgão sexual masculino) e na Yoni (órgão sexual feminino), a técnica não possui cunho sexual, ou seja, o objetivo não é ter relações sexuais ou proporcionar a ejaculação.

Mesmo que o tantra tenha como princípio auxiliar o autoconhecimento do corpo, libertar os pensamentos e pudores, relaxar a mente e a parte física, além de ajudar a ter orgasmos, não podemos confundi-lo com o serviço de acompanhante, e devemos respeitar os profissionais.

O que é uma acompanhante?

Mulher com as mãos na parte de trás da cabeça.
Fotografia/Jerjej Graj

A acompanhante, como você já deve saber, é um profissional que oferece seus serviços remunerados para o cliente, os quais estão relacionados a companhia para conversas, jantares, passeios, excitação ou prática sexual.

Qual é a diferença entre uma massagista tântrica e uma acompanhante?

A diferença entre as duas é enorme. As massagistas tântricas são treinadas de acordo com os princípios e belas artes do tantra, fazendo com que o cliente se conecte consigo mesmo e possa experimentar uma experiência que vai além do prazer e relaxamento.

O cliente descobre os pontos do corpo lhe proporcionam maior relaxamento e satisfação, tem o realinhamento dos chakras realizados, aprende a aceitar a sua aparência física, evitar o estresse e a ansiedade, entre outros.

Uma acompanhante é contratada pelo cliente com um benefício específico, seja apenas para acompanhá-lo ou realizar práticas sexuais, sendo o único objetivo proporcionar o prazer e ejaculação.

Uma sessão com uma acompanhante termina muitas vezes logo após a liberação sexual (ejaculação) e o cliente acaba deixando a acompanhante muito antes do tempo pelo qual pagou para passar com ela. Nesse caso, o cliente acabará se sentindo traído com seu dinheiro e sentirá ressentimento e culpa por toda a experiência.

Uma massagem tântrica, por outro lado, dura uma hora inteira (ou quanto tempo o cliente reservou). A massagista passará por todo o corpo de seu cliente e por meio da massagem, vai liberar o estresse, a ansiedade, os sentimentos ruins e a tristeza.

Como mencionado, apesar da ejaculação não ser o foco da massagem tântrica, muitas vezes, isso acontece, o que não é problema, pois o profissional entende que o cliente ainda está se acostumando.

No entanto, é preciso saber que não se pode esperar por uma relação sexual com a massagista tântrica, pois é algo estritamente profissional, que não possui esse objetivo. É apenas uma técnica de massagem para libertação.

No Sexual: Sexualidade, Sexo & Prazer, você encontrará mais informações sobre o universo do sexo!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.