Muitos casais se encontram infelizes ou vazios em seu relacionamento. Os laços físicos podem desaparecer naturalmente à medida que as responsabilidades da vida e a rotina segura se estabelecem, mesmo para aqueles parceiros cuja união inicial parecia comovente, natural, profunda e apaixonada.

A falta de conexão pode surpreender as pessoas em um relacionamento. O pensamento de várias pessoas é que uma vez que você encontra uma pessoa, o relacionamento exigira esforço, mas a proximidade e a realização simplesmente irão se expandir naturalmente. No entanto, com os desgastes e o passar do tempo de um relacionamento, as pessoas vão perdendo sua conexão espiritual, tanto individualmente quanto em conjunto.

Muitos acham a ideia de um relacionamento mais espiritual bastante intrigante e, ao mesmo tempo, vaga e confusa. Antes de nos aprofundarmos no que significa ter um relacionamento espiritual, com algumas maneiras simples de se tornar mais íntimo espiritualmente com seu parceiro, vamos definir o que é espiritualidade.

Entendendo a espiritualidade

Espiritualidade é uma palavra que se torna mais popular a cada dia. Mais e mais pessoas estão buscando por uma experiência comovente, buscando transcender as preocupações implacáveis ​​da realidade física e se conectar a algo profundamente real que está além do seu eu cotidiano.

Algumas pessoas encontram sua vida espiritual entrelaçada em sua igreja ou templos, onde buscam reverência e conforto nas crenças, códigos morais e rituais de sua fé. Elas buscam a espiritualidade entrelaçada com sua associação religiosa, que normalmente é algo que faz parte de sua cultura ou comunidade.

Até tempos recentes, religião e espiritualidade eram consideradas a mesma coisa. Embora esses conceitos ainda se sobreponham, desde o início do século XX, eles se tornaram cada vez mais distintos. A religião geralmente se inclina para práticas e crenças do divino, enfatizando o que é certo e errado, verdadeiro e falso. A espiritualidade é um conceito mais amplo, deixando espaço para a busca da alma e significados diferentes para pessoas diferentes.

Buscar uma vida mais espiritual é algo tipicamente impulsionado pelo desejo de se unir com algo maior do que nós mesmos e experimentar profundamente a conexão e o amor essenciais ao nosso ser. Nutrir o desejo humano de paz, significado e propósito também são fundamentais para quem busca seu lado espiritual.

Essas pessoas querem tirar dúvidas e são atraídas pela capacidade de escolher o que os ajuda a entender o mundo ao seu redor. As práticas espirituais podem variar de oração a meditação, de ioga a serviço comunitário, da transformação pessoal à crença na reencarnação. Algumas pessoas se sentem espirituais através da arte, da música ou da terra, quando vivem de acordo com seus valores ou quando estudam conceitos espirituais elevados. As pessoas espirituais às vezes escolhem uma comunidade de mentalidade semelhante e a prática geralmente é mais individualizada, intencional e experimental.

O que é um relacionamento espiritual?

O que tudo isso significa para nossos relacionamentos? Seja por meio de nossas afiliações tradicionais ou de nossas práticas espirituais, trazer o divino para nosso relacionamento nos conecta ao infinito.

Um relacionamento puramente romântico, físico ou transacional nos mantém vivendo na realidade limitada de tempo, espaço e movimento, onde tudo acaba, eventualmente. Mesmo que os relacionamentos durem, é muito comum que a satisfação seja finita.

Quando aplicamos conceitos espirituais ao nosso relacionamento, exploramos o infinito, o que abre os portões para um vínculo mais significativo, que não apenas tem uma chance maior de sobrevivência, mas permite que nosso relacionamento seja infinitamente mais amoroso e satisfatório.

Definimos um relacionamento espiritual como um vínculo que um casal constrói junto através de como eles vivem seus valores e crenças espirituais e apoiam um ao outro para se tornarem quem eles devem se tornar. A unidade que é criada revela a Luz espiritual para a eternidade, e não apenas para os próprios parceiros, mas para todos que eles tocam, direta e quanticamente.

Não se assuste com o quão profundo isso pode soar. Construir um relacionamento mais espiritual é realmente simples e prático (embora não sem esforço, é claro), e o processo se sobrepõe à construção de uma parceria saudável em geral.

Maneiras de construir um relacionamento mais espiritual

Crie bons hábitos de relacionamento para construir sua base

Tudo o que você faz para ajudar a melhorar a qualidade geral de seu relacionamento constrói a base para crescer mais espiritualmente conectado com seu parceiro. Essa base vem simplesmente por meio de bons hábitos de relacionamento.

Alguns desses hábitos incluem agir com mais gentileza, fazer um elogio, atender às necessidades dele, perdoar, ver o lado bom dele, planejar algo divertido, abordar conflitos com calma, concentrar-se na apreciação, mostrar que se preocupa com seus sonhos e reservar um tempo para uma conversa significativa.

Em última análise, somos os criadores de nosso relacionamento, um bom hábito de cada vez.

Um aspecto importante da construção de sua base é abordar os inimigos do relacionamento. Ou seja, quais são as barreiras para vocês dois se sentirem mais próximos, mais felizes e mais amados? Para isso, sugerimos que você considere consultar um conselheiro de relacionamento confiável.

Tenha conversas significativas sobre seu relacionamento

No interesse de construir uma base, tente se envolver em conversas significativas sobre seu relacionamento. Para fazer isso, encontre um ambiente tranquilo e um horário que funcione bem para ambos. Certifique-se de que o clima seja neutro, não após uma briga ou um gatilho emocional. No espírito de curiosidade e desejo de se aproximar, revezem-se fazendo perguntas um ao outro, como as que você vê abaixo.

  • Como você está se sentindo em nosso relacionamento?
  • O que está funcionando bem para você?
  • Como você se sente amado por mim?
  • Pelo que você é grato por mim e por nós?
  • De que forma você se sente feliz e realizado?
  • Quais são os problemas que você acha que precisamos abordar em nosso relacionamento?
  • Há algo que eu possa fazer para ajudá-lo a se sentir mais amado?
  • Como você sente que nos comunicamos?
  • Como posso ajudá-lo a se sentir ouvido e apreciado?

Cresçam juntos

Para tornar um relacionamento mais espiritual, precisamos ajudar um ao outro a se tornar quem devemos nos tornar. Fazer isso significa cuidar da alma de nosso parceiro, não apenas satisfazer nossas necessidades ou aliviar nosso próprio desconforto. Queremos nos comprometer a investir no crescimento de nossos parceiros para ajudá-los a alcançar sua maior satisfação.

Como a professora espiritual Monica Berg colocou em seu livro Rethink Love, um parceiro em um relacionamento de alma gêmea está disposto a se tornar “seu aliado para esculpir seu eu ideal e trazer à tona a pessoa que você sonha em se tornar”. Provavelmente, se uma necessidade sua não está sendo atendida, há um benefício a ser obtido ao abordar isso juntos, um para sua própria cura e crescimento, outro para a elevação de seu parceiro como ser humano e, em seguida, há a experiência incrivelmente unificadora de crescendo juntos.

Certifique-se de iniciar esta conversa com amor em seu coração para ajudar vocês dois a se tornarem quem vocês devem se tornar. Quando recebemos um feedback positivo, nos sentimos animados e mais felizes. Sentimos uma conexão de alma para alma com a pessoa que está conosco, uma alma ajudando a outra a se revelar.

Comprometa-se com algo maior

Muitas pessoas consideram um relacionamento espiritual aquele que tem compaixão pelo mundo e um desejo de agregar valor. Compartilhar além de nós mesmos, especialmente com aqueles que não conhecemos, nos leva à energia da infinitude, onde a realização não tem limites.

Não podemos ver até que ponto nossa bondade e compartilhamento se espalham pelo mundo. A energia que os casais criam juntos quando usam sua união para compartilhar com o mundo gera perpetuidade, nunca desaparecendo.

Identifique sua visão e propósito compartilhados

Ter um propósito para estar juntos e uma visão compartilhada do que a espiritualidade significa para você é uma maneira significativa de construir diretamente um relacionamento mais espiritual e consciente. Esteja aberto a qualquer coisa que seu parceiro considere o motivo e façam perguntas um ao outro como:

  • Qual você acha que é o principal propósito ou intenção do nosso relacionamento?
  • De que maneiras podemos expressar isso em nosso dia a dia juntos?
  • Quais são suas crenças?
  • Quais são seus pensamentos sobre espiritualidade e religião?
  • Como você gostaria de praticar o que a espiritualidade significa para você?
  • Quais são algumas práticas compartilhadas que podemos construir juntos que se alinham com nossas crenças e valores comuns?

E se meu parceiro e eu não concordarmos com a espiritualidade?

Muitos casais não descobrem sua espiritualidade até estágios posteriores da vida, e os parceiros nem sempre se alinham. Se você tem diferenças em seu desejo de crescimento e espiritualidade e não tem alinhamento em suas crenças e práticas, isso pode ser desafiador, mas não necessariamente um beco sem saída.

Aprender a aceitar as diferenças uns dos outros é uma prática espiritual em si. Recomendamos tentar encontrar o que vocês compartilham em comum que o ajudará a se conectar a um senso mais profundo de significado e profundidade juntos. Crescer e evoluir como pessoa não precisa ser considerada uma prática espiritual, e ficar longe dessa linguagem pode torná-la mais acessível para alguns.

Conclusão

Tudo o que alimentamos cresce. Ao alimentar a intimidade espiritual em seu relacionamento, você permite que suas duas almas se unam mais intimamente como uma. Então, seu relacionamento se transforma em um canal de energia amorosa para o mundo, e vocês se tornam os maiores benfeitores.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.