Há muitos problemas com o pornô convencional: ele tende a ser totalmente centrado no que é quente para os homens e muitas vezes ele retrata as mulheres de forma degradante ou desumanizante.

Além disso, nem sempre é feito ou compartilhado de uma forma justa, ou respeitosa, com o público e com os artistas.

Então, se você está insatisfeito com o pornô convencional que encontrou, saiba que o pornô ético pode ser a resposta. A seguir você verá o que torna a pornografia ética diferente e onde encontrá-la.

O que é pornografia ética?

A pornografia ética (às vezes chamada de pornografia feminista ou pornografia de comércio justo) é a pornografia feita de forma consensual, trata os artistas com respeito e paga aos artistas e cineastas de forma justa por seu trabalho.

Há um entendimento mútuo entre todos no set de filmagem, todos sabem e se sentem confortáveis ​​com o que está acontecendo. “A pornografia ética valida às necessidades, limites e curiosidades dos artistas”, diz o terapeuta sexual Kamil Lewis.

Muitas vezes, também mostra representações mais realistas de sexo, incluindo pessoas com diversos tipos de corpo, relacionamentos queer e prazer feminino real.

Um estudo descobriu que a cada quatro pessoas que visitam sites pornográficos uma é mulher. A pornografia ética tenta atender a todos, oferecendo cenas que não são apenas centradas em torno do olhar masculino. “A pornografia ética é inclusiva, criativa e consensual”, diz Lewis.

Componentes da pornografia ética

Como alternativa à pornografia convencional, a pornografia ética leva certos itens em consideração ao produzir um filme. Mas, como saber se uma plataforma está aderindo aos padrões éticos e a quais padrões éticos ela está aderindo? Confira!

  1. Os artistas e cineastas são pagos de forma justa.

Filmes para adultos produzidos eticamente reconhecem que os artistas são trabalhadores e que devem ser remunerados de forma justa, como qualquer outro ator ou qualquer tipo de funcionário no mundo.

O mesmo vale para todos os outros profissionais no set. É por isso que você geralmente tem que pagar por essas plataformas.

  1. Geralmente não é gratuito.

Existem algumas exceções, mas, geralmente há um custo envolvido para assistir a filmes pornográficos éticos para garantir que os artistas e cineastas sejam pagos de maneira justa.

O dinheiro é usado para pagar a todos os envolvidos no processo e para garantir que um filme seja criado em um espaço seguro.

  1. É feito em um ambiente seguro que trata os artistas com respeito.

“Promover a segurança física e emocional dos artistas é essencial na criação de pornografia ética”, explica Lewis. Isso significa que os artistas não são pressionados a fazer coisas que não querem fazer. Bem como, não são colocados em situações inseguras ou comprometedoras, nunca.

Atores são pessoas com sentimentos e opiniões que merecem ser ouvidos como qualquer outra pessoa. Certificar-se de que eles estejam confortáveis ​​e relaxados é necessário para criar algo ético.

  1. Mostra prazer sexual real.

Um componente-chave da pornografia ética é a evidência do prazer, especialmente o prazer para pessoas com vaginas.

Desse modo, há menos orgasmos falsos e excitação imediata, e muito mais risadinhas e proximidade pele a pele. O sexo pode ser confuso, romântico e apaixonado.

  1. É criado para todos os tipos de espectadores.

A pornografia convencional evidencia uma visão dominada por homens sobre como o sexo deve parecer, sentir e até soar.

A pornografia ética, por outro lado, geralmente mostra como é o sexo por meio de várias perspectivas e entende que as pessoas com vaginas não apenas assistem pornografia, mas também gostam de pornografia.

  1. Mostra a diversidade de tamanho corporal, raça, sexualidade, idade e habilidade.

A pornografia convencional tende a se esquecer da aparência do resto do mundo, da fluidez da sexualidade e do fato de que todas as faixas etárias fazem sexo.

No entanto, as plataformas de pornografia ética visam apresentar pessoas de todos os tipos. Quanto mais inclusivo, melhor. Afinal, é bom ver alguém que se parece conosco no filme erótico que estamos assistindo.

  1. Tudo é criado e compartilhado de forma consensual.

A falta de consentimento é algo que faz a pornografia convencional parecer nojenta. Às vezes, parece incerto se as pessoas em um filme concordaram com o que estava acontecendo, e há muitas histórias de artistas que são atingidos por mudanças de cena de última hora que levaram à tensão no set.

Pelo contrário, a pornografia ética não tem nada disso: tudo é criado com o consentimento entusiástico de todos os envolvidos e compartilhado com o consentimento de todos.

Todos os envolvidos têm idade suficiente para consentir com o sexo e têm a oportunidade de declarar quais atividades sexuais os fazem, ou não, se sentir à vontade para fazer a qualquer momento.

Lugares para assistir pornografia ética

Abaixo você verá uma lista de plataformas que irá te ajudar a começar a procurar pornografia ética.

Dito isso, é uma boa ideia fazer sua própria pesquisa para realmente se aprofundar em qualquer plataforma que você esteja pensando em usar. Assim, você poderá garantir que ela realmente é ética (e não apenas usa o rótulo!) e alinhada com seus valores.

Pink Label TV

PinkLabel.TV da diretora e cineasta Shine Louise Houston é uma plataforma que explora a fluidez da sexualidade e apresenta artistas queer, trans, pessoas de cor, pessoas com deficiência e pessoas mais velhas.

Houston criou o PinkLabel.TV para fornecer aos cineastas emergentes acesso à produção ética, recursos de saúde sexual e um público global.

Bellesa

Bellesa é uma empresa pornô dirigida por mulheres e que faz filmes que atendem às mulheres.

“Na Bellesa, acreditamos que a sexualidade na internet deve retratar as mulheres como realmente somos – como sujeitos que sentem prazer, não objetos de conquista”, segundo o site. Elas oferecem vídeos, imagens e histórias eróticas escritas.

Kink.com

Kink.com é uma plataforma que destaca BDSM e fetiches. Esta plataforma trabalha para acabar com a vergonha que envolve o kink.

Além disso, ela representa vários membros da sociedade, particularmente pessoas de cor.

Bright Desire

Bright Desire se esforça para ilustrar todas as coisas que amamos no sexo: a intimidade, a diversão e a paixão. A plataforma inclui cenas da vida real de casais se explorando sexualmente e abraçando o prazer que sentem sem um roteiro.

A cineasta Ms. Naughty diz que seus filmes são holísticos, pois mais do que genitais mostrados – você vê as expressões de suor e calafrios também.

Make Love Not Porn

Cindy Gallop criou o Make Love Not Porn (MLNP) para mostrar como é o sexo real, em todos os estilos. Casais e indivíduos reais enviam seus vídeos eróticos e são pagos por eles.

As pessoas podem permanecer anônimas, se quiserem, e também podem remover seus vídeos da plataforma a qualquer momento.

Ifeelmyself

Ifeelmyself é uma plataforma que retrata o autoprazer feminino. Sim, isso inclui apresentar o orgasmo feminino em sua forma mais crua.

Essa plataforma permite que os colaboradores compartilhem seus vídeos em troca de pagamento. O Ifeelmyself oferece um fórum para os consumidores interagirem uns com os outros sobre o conteúdo que estão assistindo.

Sssh

Sssh é uma plataforma de filmes eróticos crowdsourced que mergulha nas fantasias e desejos compartilhados entre seus membros, combinando pornografia e arte.

Através do uso de técnicas de storytelling como realidade virtual (VR) e narrativa, seus enredos estimulam tanto a mente quanto o corpo.

Lightsouthern

Lightsouthern é uma plataforma australiana criada por Michelle Flynn que se esforça para criar “pornografia muito boa para todos”, e faz isso apresentando sexo realista – corpos se tocando, várias posições e situações íntimas.

É uma das poucas plataformas pornográficas que oferece aos consumidores acesso a recursos como cortes de diretores, cortes de festivais de cinema e cenas dos bastidores.

Frolicme

Frolicme foi criado para casais e pessoas com vaginas em mente. Esta plataforma retrata a arte do sexo mutuamente consentido entre adultos com foco na paixão e no prazer feminino. Além de filmes para adultos, Frolicme oferece outros meios eróticos como artigos e áudio.

Pornografia em áudio

A pornografia em áudio é mais fácil de produzir de forma ética, porque os artistas não precisam se envolver fisicamente em atos sexuais, nem mesmo ter suas imagens compartilhadas.

Outro destaque é que as plataformas de áudio erótico também tendem a atender mulheres e outros gêneros além dos homens, pois se concentram mais em contar histórias.

Dipsea

Dipsea é uma plataforma de pornô em áudio que celebra o sexo saudável oferecendo clipes para todos os gostos, interesses e fantasias.

Eles possuem um estúdio de histórias onde os roteiros são escritos internamente e fazem parceria com dubladores, todos pagos.

Quinn

Em um esforço para fazer as pessoas se sentirem confortáveis ​​com seus corpos e com sua sexualidade, Caroline Spiegel criou Quinn.

É uma plataforma de áudio gratuita que tem tudo do erotismo, mas sem a duração – pense em clipes rápidos de pornografia sem os recursos visuais.

Sounds of Pleasure

Sounds of Pleasure é uma plataforma de áudio gratuita hospedada no Tumblr.

Lá, há uma lista de clipes que apresentam os aspectos excitantes do sexo, como respiração pesada, vozes roucas e gemidos.

Problemas com pornografia ética

Só porque uma plataforma ou produtora de filmes rotula seus filmes de “pornografia ética”, não significa necessariamente que eles sejam realmente feitos eticamente, especialmente porque nem todos concordam sobre o que exatamente torna um filme e sua produção ética.

“Assim como ‘orgânico’ parece não ter um significado claro para comida, não tenho certeza do que ‘ético’ significa para pornografia”, diz a pesquisadora e neurocientista Nicole Prause.

Ela diz que plataformas de “pornografia ética” ou empresas de cinema devem esclarecer sua posição sobre o que exatamente torna seus filmes éticos, ou seja, “ajudar os consumidores sendo mais específicos sobre como eles pensam que estão honrando as preocupações éticas”.

Seja como eles pagam seus artistas ou como eles priorizam o consentimento, explicações claras aliviariam muitas preocupações que os consumidores têm sobre encontrar uma plataforma de pornografia ética para apoiar.

Como espectador individual, Lewis enfatiza a importância de fazer uma pesquisa. “Isso significa seguir seus artistas favoritos em plataformas de mídia social, como o Twitter. Essas plataformas dão voz aos artistas, para que você possa ver quais são seus pensamentos em determinadas situações ou plataformas”, explica ela. “Também dará a oportunidade de acompanhar alguns de seus trabalhos que são produzidos de forma independente, ou não, em sites convencionais”.

Conclusão

Em um esforço para mudar a forma como nossa sociedade percebe o sexo, a pornografia ética oferece a oportunidade de desfrutar de experiências sexuais positivas sem nos sentirmos culpados por nosso histórico de busca.

Seja como for que você prefira se envolver com a pornografia, certifique-se de prestar atenção à empresa que está apoiando. Opte por empresas que sejam inclusivas, tratem seus artistas com respeito e encorajem uma mensagem sexual positiva.

E Prause acrescenta: “Quando você identificar uma plataforma que se encaixa com os seus valores, apoie sua produção pagando ou classificando bem o conteúdo de forma consistente”.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.